Pneumonia em crianças : quando suspeitar?

Compartilhe o Post
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Entenda essa doença, seus sinais e como tratar esse problema
A pneumonia na faixa etária pediátrica é, antes de mais nada, um problema de saúde pública, principalmente nas nações em desenvolvimento. Nesse sentido, segundo a Organização Mundial de Saúde sua incidência em crianças menores de 5 anos equivale a 156 milhões de casos novos/ano. Em outras palavras, essa doença segue como a principal causa de óbito entre as infecções respiratórias agudas na infância. Acompanhe o post de hoje e saiba como a doença se manifesta e de que forma combater esse problema. O que é a pneumonia? É uma infecção aguda do trato respiratório inferior, com a tosse e a dificuldade respiratória como sintomas mais importantes, podendo ser causada por vírus, bactérias ou até mesmo fungos. Nesse sentido, a pneumonia é definida pela presença de sinais e sintomas, como tosse, febre, aumento da frequência para respirar , falta de ar, dor torácica ou dor abdominal (referida), falta de apetite, mal estar , prostração,. Quais são as causas da pneumonia? A criança pode ser acometida pela de forma viral ,bacterian ou até mesmo por fungos. Nesse sentido,nos dois primeiros anos de vida as causas mais comuns de pneumonia são os vírus respiratórios. Os vírus mais envolvidos são :; o vírus sincicial respiratório (VSR), influenza, parainfluenza, adenovírus e rinovírus . Por outro lado em todas as demais idadesprevalecem pneumonias bacterianas tendo o Streptococcus pneumoniae como o causador mais importante .As pneumonias bacterianas que cursam com um comprometimento do estado geral maior , podendo apresentar febre alta , prostração.. Além dele, o Mycoplasma pneumoniae e a Chlamydophila pneumoniae são os agentes nas pneumonias conhecidas como atípicas, atingindo crianças na faixa escolar maiores de 5 anos e adolescentes Quais são os sinais da pneumoniana infância ? As manifestações na criança podem variar de acordo com a idade da mesma. Dessa forma, sintomas como tosse, febre, aumento da frequência da respiração falta de ar, baixa oxigenaçãoe sintomas sistêmicos, constituem as principais características desta doença. Já sinais como esforço respiratórioem repouso, recusa de líquidos,vômitos recorrentes, incapacidade de tolerar a medicação via oral , crianças com menos de 2 meses são indicativos de internação. , De que forma a pneumonia é diagnosticada? A forma mais correta de identificar a pneumonia é por meio deavaliação médica através da ausculta dos sons produzidos pelo pulmãoEm algumas situações para a avaliação de alguma complicação associada a pneumonia , é necessário realização de exames de imagem, entre eles a radiografia do tórax (RX). No entanto, esse procedimento ocorre quando há dúvida no diagnóstico clínico, quadros com sinais de gravidade como baixa oxigenação e desconforto respiratório, falha do tratamento após 48-72 horas. Exames laboratoriais também podem ser indicados, dependendo do caso. Como o tratamento da pneumonia é feito? O tratamento da pneumonia é realizado a depender do agente que causou a pneumonia. No caso de ser por bactérias , o tratamento é realizado com antibióticos. No entanto, qualquer procedimento deve ser feito com orientação médica, não é recomendável automedicações domiciliares Seu filho (a) está com algum desses sintomas? Então, não deixe de procurar o pneumologista. Tratamentos instituídos no tempo correto, evitam evolução para gravidades maiores e possível chance de internação! Conte com a Pneumologista Pediátrica, Dra. Patrícia García-Zapata da Tumi Espaço Clínico

Veja outros posts